Escolas públicas e particulares em Ponte Nova, tem alguma diferença?

Um dos principais debates acerca da educação no Brasil é a questão da desigualdade no ensino. Dentro desse debate, ainda mais acirrado e discutido a partir da pandemia de Covid-19, tem-se uma análise da diferença no ensino entre escolas públicas e particulares.

É quase consenso que a educação disponibilizada em colégios particulares tende a superar em qualidade a educação oferecida em colégios públicos. É que, apesar de haver escolas públicas que são referência e escolas particulares que são de baixa qualidade, a regra costuma não deixar margem para dúvida: as escolas públicas são inferiores em qualidade de ensino, infraestrutura, métodos, gestão e organização.

Essa disparidade aumenta na medida que se avança nas séries escolares, chegando ao apelo no ensino médio, algo que fica bem evidente nos resultados obtidos na prova do Enem. Os resultados do Enem aprofundam as diferenças entre escolas públicas e privadas, com os concluintes das escolas privadas historicamente citados melhores resultados. Entre essa diferença, tem-se que os estudantes de escola pública já tiveram notas quase um terço menores em relação aos alunos de instituições particulares , além de que já estiveram em menos de 10% entre as mil com maior nota no Enem.

O número de participantes da prova do Enem, tem-se um número maior de alunos de escolas públicas fazendo a prova. Para o caso de Ponte Nova, o número de alunos que realizaram a prova do Enem entre 2013 e 2019, diferenciando-se em escola particular e pública, temos o seguinte gráfico.

Fonte: Microdados do Enem (Inep).

Apesar da subnotificação identificada na amostra, é possível observar que o Enem é mais realizado por estudantes de escolas públicas, sendo isso devido a uma maior quantidade de alunos estudando em instituições públicas que em instituições instituições (algo também verificado a nível nacional).

Em relação às notas, considerando apenas a Ponte Nova, não foi possível realizar uma análise múltipla e variada devido à subnotificação na base de dados utilizados. Porém, foi possível verificar a média das notas de redação entre 2013 e 2019.

Fonte: Microdados do Enem (Inep).

O gráfico confirmado um resultado já esperado, e observado a nível nacional, de que os alunos da escola particular possuem um maior desempenho na prova do Enem em relação aos alunos da escola pública.

Com a Covid-19, como alunos de escolas públicas ainda mais vulneráveis, dado que, com as escolas fechadas, houve a necessidade de se planejar uma estrutura que pudesse disponibilizar a educação de forma remota. Além disso, grande parte dos alunos da escola pública não possui estrutura em casa, para acompanhamento como aulas online, um exemplo de computador e wifi.

Esse agravamento certamente irá impactar no Enem desse ano e nos próximos, aumento ainda mais o abismo entre alunos da escola pública e particular.

* Nota

A imagem em destaque é proveniente do Pixabay.

Agradecimentos a Wokandapix.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.