[Editorial FPN] Trânsito, urgente!

Reduzir em 50% as mortes causadas no tráfego até o ano de 2028 salvando assim 86 mil vidas. Este é o objetivo do Ministério da Infraestrutura ao lançar, há duas semanas, a Semana Nacional de Trânsito/SNT em 2021 com este tema: “No trânsito, sua responsabilidade salva-vidas!”

O motivo é evidente, pois os acidentes constituem uma das maiores causas de mortes no mundo e detêm o triste título de campeão mundial.

O tema proposto pelo Conselho Nacional de Trânsito/Contran buscou sugerir debates e reflexões, contando com o aval da Secretaria Nacional de Trânsito/Senatran e seus parceiros.

“Mensagens, como empatia e bom senso, e ainda atitudes inteligentes e balizadas pelas regras, como respeito, cidadania, reconhecimento da fragilidade do ser humano no papel de pedestre e ciclista, são muito lembradas nestes dias”, declarou, no lançamento da campanha, Celso Alves Mariano, especialista em Trânsito e diretor do Portal do Trânsito.

O Governo Federal informou que os Departamentos Municipais de Trânsito devem envolver-se na campanha anual. Sugeriu ainda blitze educativas e ampla divulgação nas redes sociais, de forma a gerar debates educativos de acordo com a necessidade. 

Todos os órgãos do setor receberam convocação para divulgar a campanha. Em Ponte Nova, como esta FOLHA já informou, a 21ª Cia. de  Polícia Militar manteve mobilização de suas equipes nas 14 cidades que compõem sua área de abrangência. Realizaram-se blitze da Lei Seca e fiscalização de motocicletas e do transporte coletivo.

Promoveram-se, no âmbito da PM, operações de abordagem de cunho educativo, com o intuito de orientar condutores, ciclistas e pedestres sobre as regras de trânsito.

Já a Polícia Militar Rodoviária informou sobre reforço da patrulha nas rodovias em parceria com o Setor de Fiscalização do Departamento Estadual de Estradas de Rodagem/DER-MG, na meta de conscientizar condutores, passageiros e pedestres sobre responsabilidade mútua para redução de acidentes e preservação de vidas.

Não houve agenda municipal, a despeito do intenso trabalho do pessoal do Demutran em atualizar a pintura da sinalização vertical no eixo Centro/Palmeiras.

Os recentes acidentes urbanos (leia na página 14), justamente nesta Semana do Trânsito, surgem como alerta de que há muito por fazer em defesa da vida nas ruas e avenidas de nossa cidade.

*Disclaimer: Este editorial foi elaborado pela equipe da Folha de Ponte Nova na edição 1678 e integra a coluna da FOLHA no blog do OPN. As informações contidas neste editorial não refletem, necessariamente, a opinião do OPN.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.